Livro Genealógico seta Plano de Melhoramento

vitelo

O Livro Genealógico dos Bovinos da Raça Preta tem inscritas cerca de 5000 vacas pertencentes a 50 criadores distribuídas fundamentalmente por explorações nos Distritos de Santarém, Portalegre e Évora.

Como já foi referido, o interesse nesta raça explorada em regime extensivo é sugerido pela sua rusticidade sem redução significativa da produtividade. Os bovinos da raça Preta poderão portanto ser uma alternativa para o aproveitamento de algumas áreas agrícolas desfavorecidas em Portugal.

O estudo e quantificação das características produtivas dos bovinos da Raça Preta tem como fim a optimização dos sistemas de exploração da raça e o aumento da eficiência produtiva dos animais, sempre numa perspectiva que considere as suas vantagens na rentabilização de recursos limitados.

Actualmente, no quadro dos apoios estatais, à Associação de Criadores de Bovinos da Raça Preta foram atribuídos os meios financeiros que permitiram o início do programa de melhoramento com objectivos e metodologia definidos: inscrição dos animais nos Livros de Nascimentos e de Adultos; controlo de performances no campo e em estação; exames de paternidade.

O programa de melhoramento engloba a execução de um conjunto de acções concertadas com vista á conservação e selecção da raça, baseando-se na avaliação das características demográficas e produtivas específicas da raça, na selecção de características produtivas e reprodutivas (fertilidade, facilidade de parto, aptidão maternal para o peso ao desmame, peso aos 12 meses, peso ao abate, rendimento da carcaça e qualidade da carne), na disponibilização ao criador de informação útil para a gestão do efectivo e na avaliação genética dos animais para os objectivos do melhoramento.

Os pressupostos e meios de trabalho do Programa de Melhoramento são os seguintes: sistema de identificação fiável e constante, sob controlo da Associação de Criadores; genealogias conhecidas; ligações genéticas entre vacadas (utilização de inseminação artificial); controlo de performances nas explorações; controlo de performances em Centro de Testagem e comparação com as performances dos animais das explorações de origem; sistema de recolha, validação e tratamento de dados; selecção dos animais com base no seu mérito genético para os objectivos de melhoramento; disponibilização e  utilização  programada  dos  animais seleccionados através de inseminação artificial.

A criação de um Centro de Testagem de novilhos com capacidade para 80 animais/ano representa um esforço desta Associação para prosseguir e desenvolver o programa de melhoramento. Após um período de adaptação de aproximadamente 30 dias, os animais admitidos no Centro de Testagem são sujeitos a um programa alimentar especialmente adaptado às características da raça e a um rigoroso controlo individual das performances  quantitativas. Com a adopção desta metodologia, pretendem-se seleccionar animais para utilizar nos ciclos seguintes nas explorações através de inseminação artificial. A informação obtida no Centro de Testagem terá sempre que ser complementada com os dados obtidos nas explorações, reflectindo o interesse e a dedicação dos associados.



 Copyright © 2008 | ACBRP Contactos | Sitemap | Desenvolvido por: Ruralbit